Receba dicas grátis!

Está pensando em fazer um consórcio? Confira as nossas dicas de ouro!

Decidir fazer um consórcio pode ser a melhor escolha para aumentar seu patrimônio ou, simplesmente, realizar sonhos. Um consórcio imobiliário, por exemplo, permite que você saia do aluguel, enquanto o de veículos favorece a troca de carro.

Porém, em vez de escolher a primeira opção disponível, o melhor é saber, exatamente, o que vem pela frente. Tendo orientações, é possível aproveitar ao máximo essa possibilidade.

Quer descobrir como? Então veja nossas dicas de ouro!

Defina objetivos e possibilidades financeiras para fazer um consórcio

Para que esse tipo de aquisição realmente te ajude, é fundamental chegar a um equilíbrio entre aquilo que deseja e aquilo que pode pagar. Assim, você evita a inadimplência e melhora os seus resultados.

Portanto, comece entendendo o que pretende comprar — se uma casa ou um carro, por exemplo — e o quanto pode pagar. Em seguida, pense no prazo do consórcio. Em geral, ele varia entre 10 a 15 anos, mas há opções mais curtas.

Lembre-se de que consórcios mais curtos garantem o bem em menos tempo, mas geram parcelas maiores. Com isso, se não puder pagar pelas parcelas elevadas, busque um grupo com prazo maior ou uma carta de crédito menor.

Escolha muito bem a administradora responsável pelo grupo

Para fazer um consórcio, é preciso que uma administradora fique responsável pelo grupo. Ela garantirá que todos cumpram as regras, além de fazer a movimentação e o reajuste dos valores.

Porém, se ela não for de qualidade e segurança, pode ir à falência e te deixar na mão. Para evitar essa dor de cabeça no futuro, escolha a administradora corretamente.

Procure uma empresa robusta, com experiência de atuação nesse mercado e que transmita segurança. Assim, o cenário fica favorável para que você não tenha nenhum problema no futuro.

Leia o contrato antes de dar a sua assinatura

Selecionada a empresa, é hora de fechar contrato e entrar no grupo. Antes de assinar o documento, entretanto, leia todas as condições e valores.

É lá que estarão determinadas questões como taxa de administração, outros valores a serem pagos, custo total do consórcio, condições de pagamento, forma de realização de assembleias e muito mais.

Ter cautela antes de assinar é fundamental para que não ser surpreendido no futuro por uma cláusula que passou batida, por exemplo.

Mantenha o pagamento das parcelas em dia

Ao fazer um consórcio, também é indispensável realizar o pagamento das parcelas em dia. Em primeiro lugar, a inadimplência é ruim para o grupo, já que os recursos insuficientes adiam assembleias e contemplações. Com isso, você mesmo se prejudica, pois passará mais tempo atrelado à obrigação.

Além disso, o não pagamento adequado é previsto em contrato e pode gerar, até mesmo, tomada do bem (em caso de contemplação prévia) ou expulsão do grupo. Por isso, o melhor é manter tudo em dia.

Conheça as formas de acelerar a contemplação

Em geral, os contemplados do consórcio são sorteados em cada assembleia. Com isso, conseguir ter acesso ao bem é uma questão de sorte quando considera apenas esse elemento.

Porém, há formas de acelerar a contemplação e conhecê-las é indispensável para melhorar a sua satisfação. Com a realização de lances, você poderá ser contemplado mais rapidamente, permitindo o uso do bem em um período muito menor.

Por isso, antes de entrar em um grupo saiba como acelerar o processo de contemplação ao fazer lances e se prepare para obter o bem em um tempo menor.

Ao seguir essas dicas de ouro, fazer um consórcio se tornará uma tarefa muito mais simples e alinhada às suas expectativas. Depois, é só curtir a sua nova aquisição.

Tem alguma outra dúvida sobre esse tema? Utilize os comentários e não deixe de participar!

Adicionar comentário